Notícia | Fliperama Análise
Crisis Core: Final Fantasy VII
12/12/2009 às 23:36
Crisis Core: Final Fantasy VII
Crisis Core: Final Fantasy VII é um game que consegue equilibrar mecânicas tradicionais de RPGs japoneses com novidades que empolgam. O resultado é um game que fascina pela história e pelo interess...
9.5
Animal!!
Mais sobre o jogo: ImagensVídeos
prós/contras
+ Campanha envolvente
+ Multiplayer balanceado
+ Quantidade de cinematics
+ Gráficos
+ Número de jogadores
- Poucas raças
- Poucas unidades
Crisis Core: Final Fantasy VII é um game que consegue equilibrar mecânicas tradicionais de RPGs japoneses com novidades que empolgam. O resultado é um game que fascina pela história e pelo interessante sistema de combate e evolução dos personagens.

O jogo é ainda um apelo sentimental para os fãs da franquia, principalmente de Final Fantasy VII, pois personagens clássicos como Cloud, Tifa e Aerith estão lá. Você também vai se envolver com o interessante protagonista Zack e conhecer facetas do vilão Sephiroth, que por vezes se mostra uma pessoa complexa, problemática e por isso um personagem tão rico.

A maneira como o enredo envolve as histórias e os anseios dos personagens com a trama do jogo, faz de Crisis Core: Final Fantasy VII não só o melhor RPG para o PSP, como também um dos melhores RPGs japoneses dos últimos anos.

No clássico RPG do Playstation, Final Fantasy VII, que é tido como um dos melhores RPGs de todos os tempos e marco da indústria dos games, Zack era apenas um coadjuvante e aparecia em um flashback. Agora Zack é o personagem principal, já que os eventos de Crisis Core ocorrem antes de FFVII e ele se mostrou uma ótima escolha de protagonista.

Zack não é o típico herói de cabelo espetado e personalidade espevitada que já se tornou estereótipo da Square Enix. Ao contrário disso, ele apresenta uma surpreendente maturidade que evolui enquanto o jogo progride.

O mundo de Gaia é rico e cheio de mitologia que geram complexas motivações em seus habitantes. O jogo prima pela excelente interação entre os personagens e como eles amadurecem com o passar do tempo.

Prepare os lencinhos caso você seja um daqueles jogadores mais emotivos, pois a bela história é capaz de seduzir até mesmo quem nunca jogou um game da série. As cenas finais são fantásticas e em particular um momento que mistura jogabilidade e narrativa de maneira primorosa, que certamente irá ficar para história dos RPGs eletrônicos.

Apesar de ser parecido com Final Fantasy VII em capricho e história, o combate em Crisis Core é totalmente diferente dos outros jogos da série. Aviso aos fãs mais ortodoxos da série que o game é um RPG de ação, portanto vocês terão menos tempo e mais dificuldades em traçar a estratégia perfeita, mas com isso o jogo ganha em dinamismo.

Em combate, Zack pode se mover em um espaço limitado e ao se aproximar do inimigo é só pressionar X para atacar, tudo em tempo real. Você pode escolher diferentes poderes usando os botões superiores R e L. Além disso, você ainda pode se esquivar ou defender ataques, o que gasta “action points”. Outros poderes como o “Assault Twister” também gastam “action points”.

Apesar de empolgante e inovador, o combate poderia ser um pouco mais desafiador, já que assim que o jogador entende a mecânica, os inimigos começam a morrer com muita facilidade.

Apesar de ter alguns defeitos menores, Crisis Core: FFIV é um título indispensável para quem é fã de RPGs da Square Enix e recomendo para todos que possuem um PSP.
Norte Digital
Aviso Legal: O conteúdo deste site é disponibilizado e oferecido pela Norte Digital Entretenimento, em seu nome e por sua conta.
2000-2011 Fliperama - Todos os direitos reservados - Resolução recomendada 1280 x 1024